Páginas

sábado, 18 de novembro de 2017

Foi lançada a campanha de "crowdfunding" para um vídeo de realidade virtual do anime "planetarian"

O estúdio Visual Art's/Key lançou uma campanha de angariação de fundos através do site Camp-fire para financiar a produção de um vídeo de realidade virtual em 3D do anime planetarian: Chiisana Hoshi no Yume (que pode ser traduzido como planetarian: O Sonho da Pequena Estrela). O objectivo da campanha é angariar 10 milhões de ienes (cerca de 75 mil euros ou 290 mil reais).

Se se atingir o objectivo, o vídeo de realidade-virtual de 360º graus vai conter a cena do anime exclusivo para a Internet em que "Yumemi Hoshino dá uma explicação sobre o céu estrelado ". Yumemi Hoshino é a protagonista do anime e a personagem que está na imagem que acompanha esta notícia.

A D & D Pictures vai produzir o vídeo anime, cujo irá ser produzido com a mais recente tecnologia de captura de movimento em 3D para poder criar as expressões faciais e os movimentos da Yumemi. A ASMIK Ace divulgou um vídeo promocional do anime na passada Quinta-feira.

Até à altura da publicação deste notícia, já foram angariados 9 487 697 de ienes (cerca de 71 mil euros e de 276 mil reais) e a campanha vai terminar a 18 de Janeiro. Os prémios por apoiar a campanha vão desde discos Blu-ray do anime e cópias do guião até à referência ao apoiante nos créditos finais e figuras. A campanha só aceita apoiantes residentes no Japão.

O projecto anime baseado no "visual novel" do estúdio Key (responsável pelas "visuals novels" Air e Clannad), planetarian ~the reverie of a little planet, inclui um anime de cinco episódios emitido exclusivamente na Internet chamado planetarian: Chiisana Hoshi no Yume, que estreou em Julho de 2016, e um filme anime que estreou nos cinemas japoneses em Setembro de 2016, e que se chamava planetarian: Hoshi no Hito (que pode ser traduzido livremente como planetarian: Pessoa Estrela).

O anime emitido na Internet adapta a história principal do "visual novel", enquanto que o filme é uma "outra história" sobre o que acontece ao Kuzuya (o outro protagonista da história) depois dos eventos do anime.

O estúdio Visual Arts/Key lançou a "kinetic novel" (que é uma marca do estúdio que designa visual novels onde não são dadas escolhas ao jogador) planetarian ~the reverie of a little planet para PC em 2004 no Japão, antes de portar o jogo para a PlayStation 2 e a PlayStation Portable. A história passa-se 30 anos depois de uma guerra mundial ter levado ao fim do desenvolvimento espacial. O protagonista, simplesmente conhecido como o "Caçador do Lixo", tenta restaurar o projector de um planetário após ter conhecido um robô.



Fonte: ANN

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Revelado o staff da série anime "Hinamatsuri"

O site oficial da série anime baseada no mangá Hinamatsuri, da autoria de Masao Ohtake, divulgou a primeira imagem promocional (que é uma paródia do filme E.T. - O Extraterrestre) e o staff da série.

O realizador da série é Kei Oikawa (realizador em Yahari Ore no Seishun Love Come wa Machigatteiru. Zoku e em Outbreak Company) e é o estúdio feel. que a irá produzir. Keiichirõ Õchi é o guionista, Yasuhiro Misawa está a compor a banda sonora e Kanetoshi Kamimoto é o realizador-chefe de animação e está encarregue do design das personagens. Katsura Matsubara é o realizador-assistente.

O mangá foi lançado em 2009 na revista Fellows!, mas,de momento, está a ser publicado na revista Harta. O 13º volume do mangá foi posto à venda a 15 de Setembro.

O mangá de comédia centra-se à volta de uma rapariga com super-poderes chamada Hina e de Nitta, um jovem membro da yakuza (máfia japonesa). A Hina aparece subitamente no quarto de Nitta e ameaça-o com os seus poderes extraordinários. E, por isso, acabam por viver juntos.

Fonte: ANN

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

"DARLING in the FRANKXX" - Revelada a história do anime e uma nova imagem promocional

O site oficial do anime original de ficção científica dos estúdios Trigger e A-1 Pictures, DARLING in the FRANKXX, divulgou na Quarta-feira mais detalhes sobre a história do anime e uma nova imagem promocional.

A história passa-se num futuro distante. A terra está arruinada e a humanidade estabelece a cidade-fortaleza móvel Plantation. Os pilotos produzidos na Plantation vivem em Mistilteinn, também conhecida como a "gaiola". As crianças vivem aí sem saberem nada do mundo exterior ou da liberdade do céu. As vidas consistem em lutar para realizarem missões. Os seus inimigos são formas de vida misteriosas e gigantes conhecidas como Kyõruu e as crianças pilotam robôs chamados Franxx para os enfrentar. Para as crianças, pilotar os Franxx é um prova de que elas existem.  

Um rapaz que tem como nome Hiro é chamado de Code:16 e já foi conhecido como sendo um prodígio. No entanto, ele ficou para trás e a sua existência aparenta ser desnecessária. Não pilotar o Franxx é o mesmo que deixar de existir. Um dia, uma misteriosa rapariga conhecido como "Zero Dois" aparece à sua frente. Dois chifres surgem da sua cabeça.

Os diversos vídeos promocionais do anime apresentavam as personagens em pares. Cada par tem o seu próprio "Franxx", os robôs com aparência feminina do anime.

Atsushi Nishigori (realizador em The IDOLM@STER) fica a cargo da realização do anime, enquanto que Toshifumi Akai (realizador-chefe de animação em Magi: The Kingdom of Magic) é o realizador-assistente. Nishigori também estará a cargo da composição do anime, em conjunto com Naotaka Hayashi. Masayoshi Tanaka é o designer das personagens e o realizador-chefe de animação. Shigeto Koyama fornece os designs mecânicos. Hiroyuki Imaishi (realizador de Gurren Lagann e Kill la Kill) supervisiona a acção do anime.

O anime tem estreia marcada para Janeiro de 2018

Fonte: ANN

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Mangá "3D Kanojo" vai ser adaptado para série anime em 2018

Foi revelado que o mangá josei (dirigido ao público feminino adulto) 3D Kanojo (Real Girl nos EUA), da autoria de Mao Nanami, vai ser adaptado para uma série anime no próximo ano. Mais detalhes sobre a adaptação vão ser revelados no futuro.

O mangá de comédia romântica foi publicado entre Julho de 2011 e Maio de 2016. A obra também vai ser adaptada para um filme live-action.

3D Kanojo segue a história de Hikari Tsutsui, um estudante do liceu que está satisfeito com as raparigas virtuais que encontra em animes e nos jogos. Ele não tem amigos e "vive" no seu próprio mundo. Um dia, ficou encarregue de limpar a piscina da escola e foi abordado por Iroha, uma "rapariga real" que é muito vistosa e que é popular com os rapazes.

Fonte: ANN

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Confirmada a 2ª temporada da série anime "Amanchu!"

O site oficial da série anime baseada no mangá da autoria de Kozue Amano, Amanchu!, anunciou nesta Terça-feira que a segunda temporada do anime, que tem como título Amanchu! Advance, vai estrear em Abril de 2018. O site também contém informações sobre os volumes em formato Blu-ray e revela que a nova temporada vai ter 12 episódios.

Para a nova temporada, o elenco vai contar com as seguintes adições:

  • Ai Yamamoto interpreta Kokoro Misaki;
  • Ai Kakumo interpreta Kotori Misaki;
  • Aya Suzaki interpreta Kodama Konihata.
Junichi Sato (realizador do anime Sailor Moon/Navegantes da Lua) volta a ser o realizador-chefe do anime. Kiyoko Sayama substitui Kenichi Kasai no lugar de realizador no estúdio J.C. Staff e com Deko Akao novamente no cargo de guionista. Hiroko Fukuda fica novamente a cardo do design das personagens e Gontiti compõe a banda sonora.

A primeira temporada foi emitida entre Julho e Setembro de 2016 e ainda foi lançado um OVA em Março deste ano.

O mangá original de Kozue Amano é publicado na revista Monthly Comic Blade desde Novembro de 2008.

A obra original centra-se à volta de duas raparigas, Futuba Ooki e Hikari Konihata. A tímida Futuba acaba de se ter mudado da cidade para Shizouka, uma vila que fica junto ao oceano. Aí ela conhece a Hikari, uma rapariga errática que adora a pratica de mergulho. Elas inscrevem-se juntas no clube de mergulho da sua escola e descobrem o prazer da exploração subaquática. 


Fonte: ANN
Sinopse: Wikipédia

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Confirmada a adaptação para anime do mangá "Yuragisou no Yuuna-san"

A 50ª edição deste ano da revista Weekly Shõnen Jump revela que o mangá Yuragisou no Yuuna-san, da autoria de Tadahiro Miura, vai ser adaptado para anime.

A revista não revelou o formato do anime, mas é referido que a editora Shueisha vai revelar "informações de transmissão" e detalhes sobre o elenco nas próximas edições das revistas e no evento Jump Festa '18, que irá ocorrer a 16 e 17 de Dezembro. Vai haver uma apresentação dedicada ao mangá de Tadahiro Miura no evento.

Há cerca de duas semanas atrás, foi divulgada uma imagem na qual revelava que tinha sido criado um "Comité de Produção" de Yuragisou no Yuuna-san. Normalmente, estes comités estão normalmente associados a produções de animes.

O mangá "ecchi" de Tadahiro Miura é publicado desde Fevereiro de 2016 na revista Weekly Shõnen Jump.

A história do mangá centra-se à volta de Fuyuzora Kogarashi, um rapaz que tem a habilidade de ver seres sobrenaturais e que já foi possuído por diversas vezes por fantasmas quando ainda era uma criança. Isto causou-lhe diversos problemas ao longo da sua vida , mas ele conseguiu aprender como lutar contra espíritos malignos. Infelizmente, ele também é muito pobre, não tem uma casa para morar e espera ter uma vida de estudante de liceu mais feliz e normal. Enquanto procurava por uma habitação, foi-lhe apresentado uma pensão residencial barata chamada Yuragisou, que era antigamente uma pousada de fontes termais muito popular. É barata porque a pensão é assombrada por um espírito de uma estudante de liceu cujo o corpo foi encontrado aí.

Kogarashi não pensa que isto seja um problema para ele e as restantes inquilinas da pensão aparentam ser mulheres bonitas. Enquanto estava a relaxar nas fontes termais, ele deparou-se com o seu plano para eliminar fantasmas; o fantasma de Yuragisou é uma rapariga de 16 anos de idade chamada Yuna que vive no seu quarto. Kogarashi não tenciona magoar a fantasma e por isso concordou em ajudar-la a descobrir o seu arrependimento. Assim, ela pode partir para o paraíso antes de se tornar num espírito maligno e ir para o inferno. Uma vez que fica esclarecido que ele não tem problemas em viver com a Yuna, as restantes inquilinas revelam os seus segredos sobrenaturais - a vida de Kogarashi em Yuragisou vai ser tudo menos normal!

Fonte: ANN

sábado, 11 de novembro de 2017

"Yurucamp" - Vídeo promocional revela que a série vai estrear em Janeiro

O site oficial da série anime baseada no mangá Yurukyan △ (ou Yurucamp) divulgou um novo vídeo promocional do anime.

O vídeo revela que a série tem estreia marcada para Janeiro de 2018.

O realizador da série é Yoshiaki Kyougoku, com Jin Tanaka a ficar a cargo da composição do anime, Mutsumi Sasaki fica a cargo do design das personagens e Akiyuki Tateyama compõe a banda sonora. O estúdio responsável pela produção da série é o estúdio C-Station.

Afro lançou o mangá original em 2015.

O mangá segue duas jovens mulheres, Rin e Nadeshiko. Enquanto que a primeira gosta de acampar sozinha ao pé de lagos de onde se possa ter uma vista para o Monte Fuji, já Nadeshiko adora fazer viagens de bicicleta sozinha para sítios de onde se possa ver o Monte Fuji. Depois de se conhecerem, Rin e Nadeshiko começam a organizar acampamentos, comem ramen instantâneo juntas e desfrutam da vista que têm.



Fonte: ANN

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Autores de "Gantz" e de "I am a Hero" vão lançar novos mangás

A 23ª edição da revista Big Comic Superior revela que Hiroya Oku (autor dos mangá Gantz e Inuyashiki) e Kengo Hanazawa (autor do mangá I am a Hero) vão lançar cada um uma nova obra na revista.

Oku vai lançar o mangá GIGANT (que se encontra do lado direito da imagem) na 1ª edição de 2018 da Big Comic Superior, que vai ser colocada à venda a 8 de Dezembro. A revista descreve a obra como sendo um mangá de "rapaz conhece rapariga" ("boy meets girl").

A editora Shogakukan vai relevar o título e a data de estreia do mangá de Hanazawa (que está no lado esquerdo da imagem) numa data posterior.

Hiroya Oku é conhecido por ter criado o mangá Gantz, que foi lançado em 2000 na revista Young Jump e chegou ao fim em 2013 com 37 volumes. O mangá inspirou duas séries anime de 13 episódios cada, que foram produzidas pela Gonzo, e dois filmes live-action e um filme em animação 3D, intitulado Gantz: O. Também existiu um mangá spin-off, Gantz:G, em que Oku tratava da história, enquanto as ilustrações eram da responsabilidade de Keiita Izuka. Este spin-off foi publicado entre Novembro de 2015 e Março deste ano.

O autor também lançou o mangá Inuyashiki em Janeiro de 2014 na revista Evening e o 9º volume da obra foi lançada em Maio e foi revelado nesse volume que o mangá iria chegar ao fim no 10º volume. O autor já tinha revelado que a história de Inuyashiki estava planeada para 10 volumes. A obra foi adaptada para uma série anime que estreou no passado mês de Outubro.

Kengo Hanazawa criou o mangá I am a Hero em 2009 e chegou ao fim no início deste ano. A obra originou dois mangás spin-off e um filme live-action que estreou nos cinemas japoneses em Abril de 2016.

Fonte: ANN

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Light novel "Campione!" vai terminar em Novembro e autor vai lançar uma nova obra

A editora Shueisha indica que o 21º volume do light novel Campione! - Matsuro Wanu Kamigami to Kami Koroshi no Maō, da autoria de Jõ Taketsuki, vai ser o último da obra. Está previsto que o 21º volume seja colocado à venda a 22 de Novembro. Na descrição do volume na loja online Amazon, é referido que foram impressas cerca de 1,4 milhões de cópias do light novel.

Também foi colocado na Amazon para pré-reserva a nova obra de Jõ Taketsuki, que se irá chamar Shiniki no Campione e vai ser lançada a 22 de Dezembro. O ilustrador BUNBUN vai contribuir com as ilustrações da obra. Já está previsto que o segundo volume seja lançado em Janeiro.

Campione! - Matsuro Wanu Kamigami to Kami Koroshi no Maō foi lançado em 2008 e contém as ilustrações de Sikorsky. A obra foi adaptada para uma série anime de 13 episódios no Verão de 2012.

O light novel conta a história de Godõ, um normal estudante do ensino secundário que mata um deus e se apodera dos seus poderes. Como consequência, Godõ torna-se num Campione mata outros deuses.

Fonte: ANN

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Mangá "Ashita wa Doyõbi" vai ser adaptado para anime dentro da série "Karakai Jõzu no Takagi-san"

A edição de Dezembro da revista Gessan revela que o mangá Ashita wa Doyõbi, da autoria de Soichiro Yamamoto, vai ser adaptado para anime que vai ser emitido "dentro" da série anime baseada no mangá Karakai Jõzu no Takagi-san, que é da autoria de Yamamoto, e que irá estrear em Janeiro. As histórias das obras tem lugar no mesmo tempo e lugar.

Ashita wa Doyõbi centra-se no quotidiano de três raparigas do ensino básico: a energética Mina, a séria Yukari e a tranquila Sanae. A obra foi publicada entre 2014 e 2015 na Yomiuri Chūkōsei Shimbun.

Hiroaki Akagi é o realizador da série anime no estúdio Shinei Animation, enquanto que Michiko Yokote é responsável pela composição da série. Aya Takano está a cargo do design das personagens que serão transpostas para a animação.

A obra foi lançada em 2013 na Gessan mini, um suplemento que acompanha a revista principal. Quando Yamamoto terminou o mangá Fudatsuki no Kyõko-chan em Maio de 2016, que era publicado na Monthly Shõnen Sunday (também conhecida como Gessan), Karakai Jõzu no Takagi-san passou a ser publicado na revista principal a partir de Julho desse ano.

O mangá centra-se à volta de Nishikata, um estudante do ensino básico que sofre humilhações atrás de humilhações por estar a ser provocado pela Takagi, a rapariga que se senta ao seu lado na sala de aula. Por isso, ele jura, que um dia, irá fazer o mesmo a ela e que a conseguirá provocar-la.

Fonte: ANN