Páginas

sábado, 12 de agosto de 2017

"Full Metal Panic! Invisible Victory" - Divulgado "vídeo promocional 0.2"

O site oficial da série anime Full Metal Panic! Invisible Victory divulgou o vídeo promocional "0.2" do anime neste Sábado. O vídeo é a "versão japonesa" do vídeo que foi exibido no evento Anime Expo, que se realizou em Julho nos EUA, que contém duas novas cenas.

Para poderem visualizar o vídeo, vão ter que clicar neste link.

O anime vai estrear na Primavera de 2018. Inicialmente, tinha estreia prevista para o Outono deste ano, mas, no início deste ano foi removida essa informação do site oficial do anime e do site da editora Fujimi Shobo.

Katsuichi Nakayama vai ser o realizador da série no estúdio XEBEC (Love HinaTo Love-ruSpace Battleship Yamato 2199). O autor do light novel original de Full Metal Panic!, Shoji Gatoh, está a cargo da composição da série e é também o guionista do anime. Osamu Horiuchi é o designer das personagens e o realizador-chefe de animação. Kanetake Ebikawa e Tohiaki Ihara estão a cargo dos designs mecânicos.

No evento Fantasia Bunko Daikanshasai do 2015 tinha sido anunciado que existem planos para uma nova adaptação para anime do light novel original de Shoji Gatoh (escritor) e de Shiki Douji (ilustrador), Full Metal Panic!.

A obra original foi lançado em 1998 e terminou em 2010, altura em que saiu o 12º romance. Foram impressos 11 milhões de cópias do romance.

O light novel inspirou três séries anime e um OVA. A primeira série, que foi produzida pelo estúdio Gonzo em 2002, teve 24 episódios. As duas séries seguintes, Full Metal Panic? Fumoffu (2003 - imagem à esquerda) e Full Metal Panic! The Second Raid (2005), foram produzidas pela Kyoto Animation e tiveram 12 e 13 episódios, respectivamente.

A história de Full Metal Panic! segue a história de Sousuke Sagara, um membro de uma organizazção militar privada chamada Mithril, que está encarregue de proteger a Kaname Chidori, uma estudante do liceu. Como o Sagara nunca teve interacções sociais, ele interpreta situações do quotidiano com se estas tratassem de situações de combate.

Fonte: ANN

Sem comentários:

Publicar um comentário